RECEITA DA SEMANA: MORANGO DELÍCIA

Eu nunca fui muito fã de doces, mas de uns meses pra cá, estou igual formiga! Em um almoço no restaurante Lorena 1989 em São Paulo, pedi uma sobremesa com morangos e suspiros maravilhosa, e depois vi como seria fácil eu mesmo recriá-la em casa! Como eu também gosto de inventar, acabei mudando algumas coisas e criando a minha própria receita, vamos dizer assim…

Pra quem decidiu ficar em casa e surpreender o namorado/namorada com uma jantar a dois, anota aí que ainda dá tempo de fazer essa receita maravilhosa e ganhar alguns pontinhos com o seu amorzão!

Caneta e papel na mão e lá vamos nós:

Ingredientes:

– um pacote de cookies com gotas de chocolate

– um pacote de bolacha champanhe

– um pacote de suspiros

– chantilly

– 3 bandejas de morango

Modo de preparo:

– Os passos pra montar a sobremesa na verdade são bem simples. Comece “untando” o fundo do pirex (ou qualquer outro recipiente da sua escolha, desde que tenha certa profundidade pra caberem todas as camadas) com chantilly

– Esfarele os cookies e preencha o fundo do pirex

– Cubra uma nova camada com morangos cortados em pedaços

– Cubra o morango com chantilly

– Cubra o chantilly com uma camada de bolachas de champanhe e então, acrescente mais morango

– Cubra os morangos novamente com chantilly, esfarele o suspiro com as mãos e polvilhe sobre a sobremesa até que forma uma camada

– Espalhe mais chantilly e então cubra com mais morango

– Pra finalizar, cubra com morangos e suspiros inteiros, da forma que achar melhor! Depois disso é só atacar!

Dica: a sobremesa deve ser feita pouco tempo antes de ser devorada… Evita que o morango crie água e que o suspiro e bolachas percam a sua crocância! Eu também gosto de utilizar chantilly caseiro! Normalmente os supermercados com panificadora e doceria já oferecem prontinho pra gente comprar!

Anúncios

NOCHE CALIENTE

Semana passada cheguei em casa com um abacate super maduro e fiquei só imaginando a delícia que seria fazer um guacamole com ele. Procurando a receita no meio da minha bagunça, achei a apostila de um curso de comida mexicana que fiz com algumas amigas anos atrás e acabei me empolgando pra um jantar completo! Por sorte, a maioria dos ingredientes eu já tinha em casa. Foi só juntar minha vontade de cozinhar e verificar meu estoque de spices pra ver se estava completo e lá estava eu no fogão!

O menu da noite foi guacamole com nachos, chili, carnada caliente, tortillas e petit gateau de sobremesa. Eu tinha uma receita de Leche caramel, mas a vontade pelo bolinho de chocolate foi maior.

Como muita gente me pediu a receita, estou postando tudo aqui pra vocês:

Começando pelo guaca:

Ingredientes

01 abacate médio maduro

01 colher de sopa de cebola picada

1/2 tomate maduro e firme cortando em cubos

1/2 limão (só o suco)

01 colher de sopa de coentro picado

Sal, pimenta do reino, pimenta dedo-de-moça ou jalapeño a gosto

Procedimento

Corte o abacate ao médio, retire a semente e com o auxilio de uma colher, retire a polpa da fruta e coloque em um prato. Esmague a polpa grosseiramente com um garfo, junte os outros ingredientes e misture. Leve a geladeira por uma hora.

Dica: quanto mais tomate, melhor! E o suco de limão é o que faz toda a diferença no sabor. O melhor é usar limão caseiro, aqueles de pé de sítio de vó! Acho que o nome é limão caipira.

Chili:

Ingredientes

01kg de carne moída de primeira (eu usei patinho!)

01 colher de sopa de óleo

150g de bacon em cubinhos pequenos ou tirinhas

03 colheres de sopa de cebolas picadinhas

02 dentes de alho bem picadinhos

02 colheres de sopa de chile em pó (chile é um tipo de pimenta adocicada e forte ao mesmo tempo)

01 colher de sobremesa de cominho

01 colher de sopa de molho inglês

1/2 xícara de molho de tomates (eu prefiro os orgânicos!)

1/2 colher de sopa de colorau

02 xícaras de água quente

01 colher de sopa de amído de milho

Sal, pimenta do reino e pimenta dedo-de-moça a gosto

Procedimento

Em uma panela aqueça o óleo e coloque o bacon. Mantenha em fogo baixo para soltr a gordura. Aumente o fogo e deixe dourar o bacon. Coloque a carne moída e refogue até todo seu líquido evaporar. Junte a cebola e o alho e refogue mais um pouco. Acrescente o chile, o molho inglês, o molho de tomates, o colorau e refogue mais uns 2 minutos. Colocaque a água quente e tempere com o sal e a pimenta. Verifique o sabor e deixe cozinhar em fogo baixo por 20 minutos. Dissolva o amido em um pouco de água e misture com a carne. Deixe cozinhar por mais uns 5 minutos.

Dica: cuidar com o tempo de cozimento. O legal é saborear ele bem molhadinho! Pra quem curte, pode adicionar queijo cheddar ralado ou em creme! Fica ótimo. Não esqueca de servir com nachos. Eu gosto bastante com aquele Doritos sem sabor! Específico pra molhos.

Tortillas:

Ingredientes

02 xícaras de farinha de trigo

01 colher de sopa de gordural vegetal

01 colher de sopa de gordura de porco

1/2 colher de chá de sal

1/2 xícara de água morna.

Procedimento

Misture a gordura com a farinha de trigo, amassando com os dedos até formar uma farofa grossa. Acrescente a água aos poucos até formar uma massa lisa e elástica. Sove por cinco minutos e deixa a massa descansando por no mínimo 20 minutos. Divida a massa em 8 bolinhas, abra cada bolinha com um rolo até formar um disco bem fininho. Enfarinhe os dicos e leve frigideira (sem óleo nem nada), individualmente, por 1 minuto cada lado. Retire da frigideira e mantenha coberta com um pano ou dentro de saquinhos plásticos individuais para que elas não percam umidade.

Dica: dá pra usar so gordura vegetal. Pra quem fica com nojinho da de porco! hahahaha

Carnada:

500 gramas de alcatra sem gordura e cortado em tirinhas

1 pimentão amarelo pequeno

1 pimentão vermelho pequeno

1 pimentão pequeno verde

4 cabeças de alho

3 colheres de sopa de cebola picada

Pimenta do reino e sal a gosto

Procedimento:

Tempere a carne com sal e pimenta. Leve a frigideira com um pouquinho de óleo. Acrescente o alho e a cebola. Quando ela já estiver no ponto e com a água quase secando, acrescente todos os pimentões. Deixe fritar até que a água evapore, cuidando pra não secar demais.

Dica: essa carnada é uma receita minha na verdade, não constava na minha apostila! É ótima pra comer com a tortilla e um pouco de guacamole!

Obs.: A receita de petit gâteau eu já ensinei AQUI.

Não esqueçam a tequila pra acompanhar!!!!!

DELÍCIA DO DIA: PROFITERÓLES

Vou falar pra vocês! Esse livro do Olivier tá sendo um presente de Deus na minha vida! Apesar de algumas receitas desafiadoras, eu que adoro por a mão na massa – literalmente – estou amando. Nesses últimos dias me empolguei nas sobremesas. E olha que com a quantidade de chocolate que ainda tem aqui em casa da Páscoa, pensei que meu abuso por doces ia durar algum tempo… Mas que nada!

Pra quem é fã da sobremesa e pros que gostam de dar uma escapada da dieta no findi, taí uma receita bem fácil e divertida. Que tal marcar aquela jantinha de sexta com os amigos e amigas e levar todo mundo pra cozinha? Fica a dica!

INGREDIENTES:

Massa:

•250 ml de água

• 125 g de manteiga

• 150 g de farinha de trigo (equivalente a mais ou menos uma xícara e 1/4)

• 1 colher (café) de açúcar

• 1 pitada de sal

 • 250 ml de ovos (em torno de 5 unidades)

 Calda:

• 300 ml de leite

• 300 g de chocolate meio amargo picado

• sorvete de creme para rechear

MODO DE PREPARO:

• Numa panela, coloque a água, a manteiga, o açúcar e o sal, e leve ao fogo até ferver;

• Junte a farinha de uma só vez e mexa sem parar, cozinhando a massa por 5 minutos;

• Retire a massa da panela, coloque-a na batedeira em velocidade média e vá acrescentando os ovos, um a um;

• Unte uma assadeira com manteiga e, utilizando um saco de confeitar, faça bolinhas com 3 cm de altura;

• Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por 20 minutos ou até que fiquem douradas.

• Enquanto isso, faça a calda de chocolate da seguinte forma: ferva o leite em uma panela, retire do fogo, junte o chocolate e mexa até dissolvê-lo;

• Corte ao meio as carolinas, recheie com sorvete e cubra-as com a calda de chocolate.

Aqui em casa essa receita foi o maior sucesso. Espero que vocês gostem tanto quanto eu!

RECEITA DA SEMANA: QUEIJO EMPANADO YUMMY

Fala sério! Quem aí não adora tomar um vinho beliscando um queijo gostoso?? Eu com certeza amo, e tenho certeza de que a maioria de vocês também! Gostos pessoais a parte, essa semana aprendi uma receita com queijo muito legal pra servir em um jantar a dois. Combina perfeitamente com os dias frios que estão por vir. Como eu já estava agoniado pra experimentar esse prato, acabei indo pra cozinha hoje meio dia. Ficou uma delícia! Mas confesso que teria degustado melhor na janta. Correria de hora do almoço ninguém merece!

Trata-se de queijo camembert a milanesa com amêndoas. E a receita é muito simples.

Você vai precisar de:

2 peças de queijo tipo camembert (sem tirar a casquinha branca); ovos; amêndoas trituradas (estilo aquelas do sundae do Mc’Donalds); farinha de roscaóleo pra fritar.

Passo-a-passo:

Quebre cerca de 3 ovos e coloque-os em um recipiente, batendo a clara e a gema até que se misturem por completo. Coloque a peça de queijo sobre a mistura molhando todas as superfícies.

Em outro recipiente, misture uma xícara de farinha de rosca e uma de amêndoas. Empane o queijo (já passado sobre os ovos), sem deixar nenhuma partezinha de fora.

Esquente uma panela com óleo (o suficiente pra tapar o queijo).

Quando o óleo já estiver quente mas não o suficiente pra “ferver”, adicione o queijo empanado. Deixe fritar até que fique bem douradinho.

Retire da panela e deixe secando no papel toalha pra absorver a gordura excessiva.

Sirva quentinho com uma salada de folhas verdes.

Saca só o resultado:

Fala sério essa crocância por fora e esse queijo derretido dentro! Demais né? E muito muito fácil! Façam em casa e me contem o resultado! E não esqueçam do vinho pra acompanhar…

RECEITA DO FINDI: PETIT GATEAU DELÍCIA

Sábado, finally!! Depois do feriadão mega agitado, esse final de semana quero ficar o máximo de tempo possível em casa com a minha família. Já separei vários filmes pra assistir e dei uma passada no mercado pra abastecer o estoque de “besteiras”!!

Quem me segue no Instagram (@pedromafra, segue lá!!), viu que segunda-feira passada fiz uma receita de petit gateau… Como muita gente curtiu e pediu a receita, vim aqui dividir com vocês.

Vamos lá??

INGREDIENTES:

120g de chocolate amargo picado

100g de manteiga

2 ovos inteiros

2 gemas

1/4 de xícara (chá) de açucar

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Manteiga para untar

Farinha de trigo pra polvilhar

MODO DE PREPARO:

Derreta todo o chocolate em banho maria e junte a manteiga até que fique homogêneo, macio e brilhante.

Em uma vasilha, bata os ovos, as gemas e o açucar até que os ingredientes se incorporem. Mexa sem parar até que os ingredientes sejam integrados.

Misture suavimente a farinha de trigo.

Unte as forminhas (próprias pra petit gateau), e polvilhe com farinha.

Coloque a massa nas forminhas e deixe gelar por duas horas.

Preaqueça o forno ao máximo em 250 graus.

Asse no forno preaquecido por 4 a 5 minutos.

Desenforme num prato e sirva com sorvete de creme.

Viu como é fácil e prático?! E sem o menor custo… Muita gente que sai pra jantar por ai e paga em média de 15 a 20 reais por um único petit gateau, sempre pensa que a receita é muito difícil e trabalhosa… Na verdade é uma das mais simples que eu já testei. Faço petit gateau aqui em casa desde os meus 13 anos!!

ALGUMAS DICAS…

Quem não gosta de nada muuuito doce, pode trocar o chocolate amargo por chocolate amargo em 70%. Essa dica é boa pros gulosos como eu também… Como o bolinho fica menos doce, a gente acaba comendo mais! hahaha…

Ouuutra coisa, eu sou muito impaciente. A parte de deixar a massa resfriando na geladeira por 2 horas não é comigo. Levo direto ao forno e fica delicioso igual!!

E ah, pras pessoas que ainda acham que o “molinho” do petit gateau é um recheio, parem!!! O segredo pra ele ficar cremoso por dentro, quase que nem calda, é o tempo que ele fica assando no forno. Quando ele criar uma casquinha por fora, já é hora de tirar do forno.

Obs.: essa receita eu retirei do Diário do Oliver (Anquier), e até hoje foi a melhor que eu já testei! A massa rende aproximadamente de 4 a 5 bolinhos.

PETER FLAMBER: PASTA COM ALHO NEGRO

 

O alho negro possui características de sabor diferentes do alho normal e vem ganhando grande abertura na elaboração de pratos gastronômicos. Com sabor amendoado e frutado, ele lembra uma mistura de vinagre balsâmico, tamarindo e melaço. Ideal para massas, frutos do mar e defumados, o alho negro pode ser até consumido puro. Pra quem não é muito chegado do alho regular, precisa experimentar esse.

Uma dica importante na hora da receita, é nunca fritar o alho negro pra que ele não perca seu sabor original. De prefêrencia deve ser misturado no término da receita, por alguns minutos para que os aromas se encontrem.

Aqui no Brasil, só existe uma produtora de alho negro. No interior de São Paulo. Em SC a novidade já chegou no Armazém Tamandaré. A cabeça custa 23 reais e tem data de validade prolongada. No Mercado Municipal de São Paulo, pode ser encontrado em meio as frutas exóticas por 13 reais. Tá achando caro demais? Então experimenta essa receita e depois me diz se o preço compensa ou não:

Massa Tre Aglio com cogumelos e pastrami:

– Ingredientes:

1 cabeça de alho negro

2 dentes de alho normal (se o alho for pequeno, coloque de 3 a 4 dentes)

5 a 7cm (aproximadamente) de talo de alho poró (picado)

200 gramas da pastrami (cortado em tirinhas)

1 bandeja de cogumelos tipo shitake (cortado em fatias finas)

2 colheres de sopa (cheia) de manteiga com sal

300g de macarrão tipo fetucine

sal

– Modo de preparo:

Em uma frigideira, derreta 1 colher de manteiga com sal e adicione os cogumelos.

Enquanto isso, coloque água (com bastante sal) pra ferver.

Adicione os dentes de alho comum (picado) junto aos cogumelos até que ambos estejam dourados.

Adicione o alho poró

Depois que a água do macarrão ferve e ele estiver ao dente, adicione na frigideira o pastrami cortado em tirinhas.

Por último, adicione o alho negro cortado em lascas.

Escorra o macarrão e de um banho de água gelada pra não grudar.

Na mesma panela em que o macarrão foi cozido, adicione outra colher de manteiga e espere derreter.

Coloque o macarrão novamente na panela e misture.

Acrescente o conteúdo da frigideira, misture por mais um minuto e retire do fogo.

Despeje o conteúdo em um refratário, cubra com duas fatias de pastrami e pronto pra servir!

Uma dica super legal pra manter o prato leve, é substituir a manteiga comum por manteiga light. A versão light da Tirol tem 48% menos calorias e 50% menos gordura.

Outra opção é utilizar macarrão integral.

PIZZA MAGRA

Eu que adoro comer e cozinhar, ontem cheguei da academia avarado. Como não ia sair comendo qualquer coisa que desse na telha, fui de leve e resolvi fazer uma pizza integral, dessas de massa pronta, e deixei o recheio por conta da minha criatividade e bondade da minha geladeira.

Ingredientes:

– 1 massa pronta de pizza integral

– 2 tomates italianos

– 1 pecaço de beringela (aí vai do gosto de cada um na quantidade…)

– 1 peça de queijo minas light

– champignon

– alho poró

– um pouquinho de queijo mussarela light (só pra dar graça de ver algo derreter…)

– 1 colher de molho putanesca

– 3 colheres de patê de ricota com cebolete

– azeitonas pretas

Modo de preparo:

– espalhar a colher de molho putanesca com o patê de ricota com cebolete pela massa da pizza e reservar.

– em uma panela pequena, refogar o alho poró, o tomate cortado em pedacinhos e sem sementes e a beringela também em pedacinhos. adicionar sal e pimenta do reino.

– distribuir o refogado pela pizza.

– cobrir com a ricota ralada

– espalhar ocogumelo e as azeitonas

– cobrir com o queijo mussarela

– antes de levar ao forno, eu sempre gosto de derramar uns fios de azeite de oliva pra deixar a ricota bem molhadinha.

– tirar do forno quando dourar.

 É uma mistureba bem atrevida, mas garanto que fica bem delicioso! A dica é fazer numa forma mais funda e que de pra remover depois, por que o recheio fica bem farto.

BETI BISTRÔ

Sabe esses lugares perto da nossa casa que a gente passa milhares de vezes pela frente e sempre esquece de parar?? Comigo é sempre assim. Aí ontem estava de bobeira e resolvi conhecer o Beti. Um bistrô de comida portuguesa com bolinhos de vários sabores, risotos na panela de barro, escondidinho de carne seca, e claro, opções de bacalhau deliciosas e pra todos os gostos. Pra acompanhar, um bom vinho do porto e de sobremesa, pasteizinhos de Belém.

Eu experimentei os bolinhos de bacalhau, que são os que mais tem saída na casa, e depois comi um espaguete com lascas de bacalhau a portuguesa. Divino!

 A decoração é super legal, com peças de antiquários, açorianas e  os donos e seus amigos trazem de viagens que fazem pelo mundo.

Quem gosta de uma boa bacalhoada não pode deixar de conhecer!

Rua Camboriú, 647 – Centro – Itajaí. Tel: (47) 3344-5516

SANDUÍCHE DE ROSBIFE

Agora pro fim da tarde, super gostoso dar aquela paradinha do trabalho ou saída da praia pra um lanche leve, saudável e delicioso! Eu que adoro o Mundo Selvagem sempre dou uma parada pra devorar um sanduíche. Meus preferidos são o de mignon e o de rosbife. Mas com a alta temporada fica quase impossível conseguir uma mesa na hora, e se tem uma coisa que eu odeio nesse mundo é esperar pra comer! Por isso essa semana tive a idéia de eu mesmo fazer meu sanduíche de rosbife, e ficou tão delicioso quanto! Além de ser um prato barato e fresh, é super rápido e prático. A idéia me meio na cabeça em meio a um café da manhã no Armazém Tamandaré, então aproveitei e comprei todos os ingredientes por ali. O rosbife deles é uma delícia.

Aqui vão os ingredientes:

– Um pacote de fajitas (tipo aquelas Rap10 que vende no Angeloni)

– Quantas gramas de rosbife você achar necessário (depende da fome de cada um!

– Queijo mussarela

– Rúcula, muuuita rúcula!

– Tomatinhos italianos

Modo de preparo:

Pra fazer o sanduba é bem fácil.

– cubra a fajita com o rosbife e adicione o queijo mussarela (ralado). Leve ao forno pré aquecido por 5 minutos ou até o queijo derreter. Tire do forno e adicione a rúcula cortada em pedacinhos. Pode exagerar na rúcula a vontade. Corte o tomate italiano em 4 pedaços (estilo meia lua) e coloque sobre o sanduba e está pronto pra servir!!

DICA: quem não gosta de rúcula pode substituir por alface ou outra folha verde. E deixe pra temperar as folhas com azeite de oliva e tabasco (ADORO!) conforte você vai comendo o sanduíche…

Gostaram da dica?? Eu AMO esse prato! Vale pra almoço, lanche de fim de tarde, janta, ou qualquer outra hora do dia que dê fome! Depois de um dia na praia ou piscina então?! Yummy!!!

RISOTO AL MARE COM LIMÃO SICILIANO

A receita de hoje é da minha janta de sábado a noite. Um super risoto inspirado em um prato que experimentei em um dos meus restaurantes preferidos do Rio, o Quadrucci. Trata-se de um risoto com limão siciliano, anéis de lula e camarões com um toque de açafrão da terra. O prato fica uma delícia e é super fácil de fazer…

Ingredientes:

1 colher de manteiga

2 xícaras de arroz

1 cebola picada

Suco de 2 limões sicilianos

1 colher de cafezinho de raspas de casca de limão siciliano

1 peça de queijo parmesão ralado

1 caldo de legumes dissolvido em 1 litro de água quente

1 dente de alho

Sal a gosto

Cebolinha e salsinha a gosto

Açafrão da terra (em pó) a gosto

500 gramas de camarão típico pra risoto (então não pode ser nada muito grande. e não pode ser menos que 500g por que diminui e fica metade!)

500 gramas de lula (ou mais ou menos, depende do gosto de cada um!), divididos em anéis pequenos, médios e grandes.

DICA: pra fazer os anéis menores, eu compro a lula e corto eu mesmo em casa. os anéis maiores eu já compro direto na peixaria.

MODO DE PREPARO:

– descasque, corte e pique todos os ingredientes e tempere a lula e os camarões com o suco do limão siciliano e sal.

– derreta uma colher de manteiga em uma frigideira e adicione os camarões até ficarem dourados e reserve.

– em uma panela, refogue a cebola com uma colher de azeite de oliva. Adicione o alho e depois misture com as duas xícaras de arroz e as raspas de limão.

– vá adicionando a água quente com o caldo de legumes até cobrir o arroz e mexa sem parar. Continue adicionando água enquanto ela evapora, pro risoto não secar. faça isso por uns 10 minutos e depois cubra o risoto com 1 dedo de água e deixe cozinhar.

– enquanto isso em outra frigideira adicione os anéis de lula em fogo médio e deixe-os até ficarem macios. Pra isso vá experimentando e tomando cuidado pra não ficar borracha!

– desligue a frigideira e adicione as lulas e os camarões na panela do risoto. Experimente o arroz e se ele já estiver quase no ponto, adicione o queijo parmesão. Espero os gostos (do arroz/lula/camarão/limão) se misturarem e desligue a panela.

ESTÁ PRONTO PRA SERVIR!!

O importante é SEMPRE manter o arroz molhadinho… Uma DICA é regar o arroz com um pouco de vinho branco pra dar mais sabor ao prato!

Sou suspeito pra falar, mas meu risoto ficou uma delícia!!